Blog
01
04
2022

Verdade ou Mito – Especial Dia das Mentiras

  • As mulheres perdem peso com mais facilidade – MITO. 

As mulheres têm uma maior alteração hormonal, um menor metabolismo basal, menor massa muscular e, consequentemente, um menor gasto calórico. Logo as mulheres, em média, têm uma perda de peso mais lenta em relação aos homens.

  • Óleo de côco é melhor do que o azeite – MITO.

O óleo de côco é uma gordura saturada. Este tipo de gordura está relacionada com doenças cardiovascularas e, por isso, segundo a American Heart Association, o seu consumo deve ser limitado para até 10% da ingestão calórica diária.

O azeite é composto maioritariamente por ácidos gordos monoinsaturados, sendo a gordura alimentar de eleição.

  • Dormir pouco não interfere na perda de massa gorda nem no aumento de massa muscular – MITO.
  1. Dormir menos de 7Horas por noite promove uma desregulação hormonal e do apetite, com alteração da produção de hormonas, tais como a grelina e leptina;
  2. Com o aumento da fadiga mental, torna-se difícil fazer as melhores escolhas alimentares;
  3. A evidência científica mostra-nos que, mesmo fazendo uma restrição calórica, quem dorme menos tende a perder mais massa muscular e a  perder menos massa gorda, quando comparados com indivíduos que dormem melhor.
  4. Estudos indicam que pessoas que dormem pouco tendem a fazer uma maior ingestão calórica e uma menor atividade física.
  • É possível transformar gordura em músculo – MITO.

O tecido muscular e adiposo, são dois tecidos diferentes, logo transformar um no outro é fisiologicamente impossível.

A massa gorda, tal como a massa muscular só é possível ganhar ou perder, nunca transformá-las.

A perda de massa gorda é feita através do défice calórico.

O aumento de massa muscular está dependente de uma alimentação com um bom aporte calórico e proteico, acompanhado de exercício físico resistido.

  • As calorias são todas iguais – MITO.

As calorias não são todas iguais.

Um alimento é constituído por diferentes macronutrientes e como tal diferentes propósitos para a sua utilização ou armazenamento.

Por exemplo, um pastel de nata (~60g) que tem aproximadamente o mesmo valor calórico do que um iogurte proteico (~350g), não vai ter o mesmo efeito de saciedade.

author: Marcia Arocha