#divBusca{     background-color:#2F4F4F;     border:solid 1px;     border-radius:15px;     width:300px; } .wtrBlogDfPostOther { display: none; important! margin-top: 22px; } .wtrShtLastNewsStandard .wtrShtLastNewsStandardOther { display: none; }
12
06
2019

Superalimentos

Os superalimentos são alimentos que possuem propriedades e benefícios superiores e diversificados, devido à sua elevada densidade nutricional ou seja elevada quantidade em micronutrientes e fitoquímicos.

Devem ser consumidos em quantidades equilibradas pois quando consumidos em excesso podem originar alguns efeitos indesejáveis como por exemplo irritação intestinal. Alguns exemplos de superalimentos:

 

 – Açaí- Rico em antioxidantes, ferro e cálcio. Melhora a aparência da pele e ajuda a prevenir o envelhecimento, fortalece o sistema imunitário e tem propriedades anti-cancerígenas.

 – Bagas Goji- Fortalecem o sistema imunitário e previnem o aparecimento de doenças como gripe e alguns tipos de cancro.

 – Spirulina- Alga rica em minerais, vitaminas, proteínas e aminoácidos. Aumenta a saciedade, purifica o organismo, melhora o cansaço e ajuda na recuperação muscular.

 – Clorela- Tem elevado valor nutritivo. Estimula o sistema imunitário, e pode ajudar a combater alguns problemas gastrointestinais e doenças degenerativas.

 – Camu-camu- fruta nativa da Amazónia que fornece uma altíssima quantidade em vitamina C e de antioxidantes (possui cerca de 30 vezes mais do que a laranja e 20 vezes mais que a acerola) combatendo os radicais livres. Rica em propriedades anti-inflamatórias, antivirais e antienvelhecimento.

 – Maca- ajuda a diminuir o apetite, melhora o trânsito intestinal e aumenta o desejo sexual.

 – Cacau- Os seus benefícios são bem conhecidos a nível cardiovascular e no controlo dos níveis de colesterol. A sua composição é ainda rica em aminoácidos, antioxidantes, vitaminas (complexo B e E) e minerais como o fósforo, cálcio,ferro, magnésio, cobre, zinco, crómio e potássio.

 – Sementes de chia- Ricas em fibras, cálcio e proteínas de origem vegetal. Com propriedades saciantes, que pode ser facilmente adicionado para enriquecer outros alimentos como saladas, cereais ou em bolos.

 

P.S- Aconselhável comprar estes alimentos biológicos. Foram analisadas bagas de Goji não biológicas e foram encontrados elevados valores de contaminantes.

 

 

Helena Mendes da Maia

Nutricionista e Mestre em Doenças Metabólicas e Comportamento Alimentar

Autora do livro “Longevidade à La Carte”

Cédula Profissional nº 0084N

nutricao.marisol@aquafitness.pt

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE