#divBusca{     background-color:#2F4F4F;     border:solid 1px;     border-radius:15px;     width:300px; } .wtrBlogDfPostOther { display: none; important! margin-top: 22px; } .wtrShtLastNewsStandard .wtrShtLastNewsStandardOther { display: none; }
07
02
2018

Fast-food

Fast-food como o nome indica, é tipicamente designado de “comida rápida”. Temos como exemplo disso: os hambúrgueres, as pizzas, as batatas fritas, os molhos…

 

Mas na realidade quais são os problemas deste tipo de produtos? Os problemas são variados e bastante alarmistas, para além do seu teor excessivo de gorduras e de hidratos de carbono, o seu consumo exacerbado está associado a uma panóplia de doenças crónicas, sendo a principal a obesidade.

 

Neste tipo de alimentação o marketing tem uma relevância extremamente importante, porque tem efetivamente um maior impacto no público mais jovem. Quando são oferecidos propositadamente brindes na compra de um determinado produto, isso representa o marketing no seu melhor, o objetivo principal é que o produto seja adquirido e quantas mais vezes o fizer mais oportunidade terá de voltar a ter um brinde. Contudo, será que vale a pena sacrificar a alimentação das nossas crianças por elas insistirem que querem o “presente” ou será mais fácil encontrar estratégias para lhes explicar e incentivar que uma alimentação saudável tem muito mais benefícios do que o típico fast-food?  Deixo a resposta a esta pergunta ao vosso critério, vejam a tabela com a informação nutricional de alguns dos alimentos e tirem as vossas próprias conclusões.

Daniela Toscano
Nutricionista Estagiária – Cédula Profissional nº 2104NE

 

Departamento de Nutrição Aquafitness – Qta. do Texugo
E-mail: nutricao3.texugo@aquafitness.pt

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE